Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106 ... ver mais 21 99126 ... ver mais

Rack organizador: como escolher o melhor para sua instalação

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Rack organizador: como escolher o melhor para sua instalação

Rack organizador: como escolher o melhor para sua instalação

Em projetos de redes, servidores e segurança, manter tudo em ordem é fundamental. Não tem coisa pior para um técnico do que receber um chamado de suporte ou manutenção e encontrar uma estrutura sem rack organizador, toda bagunçada, com cabos expostos e enrolados. Na primeira olhada, ele já sabe que levará muito mais tempo para concluir o serviço.

Por outro lado, se tudo está organizado, é muito mais fácil encontrar o problema e solucionar rapidamente. Por isso, antes de começar qualquer instalação, é preciso encontrar um bom rack organizador. Neste post, vamos ver o que é, qual a importância e como escolher o melhor para o seu projeto. Confira!

Rack organizador: o que é e qual a importância

O rack é como o cartão de visita do instalador, ou seja, a pessoa que faz uma instalação, mas deixa os cabos e fios todos confusos, num enorme emaranhado, dificulta a manutenção, causa má impressão no cliente e pode até prejudicar a eficiência do sistema instalado, ocasionando desgastes pela poeira, tempo e iluminação.

Não importa se o projeto é grande ou pequeno: organizar equipamentos e cabos é crucial para prestar um serviço profissional, confiável e de qualidade. Por isso, a primeira coisa que um bom instalador busca ao fazer o planejamento é o rack organizador. Ele é uma caixa resistente, com compartimentos e aberturas, desenvolvidos especialmente para organizar infraestruturas de redes, instalações de switches, OLTs, sistemas de Telecom e CFTV.

A ideia é alocar os equipamentos de maneira correta, para evitar o desgaste causado pela exposição ao sol e à poeira e, desta forma, aumentar a vida útil dos aparelhos. Além disso, são fundamentais para fazer o cabeamento estruturado. Entre as vantagens estão a redução de custos, melhora na segurança e facilidade para mudanças.

Os racks também são úteis para indicar a localização dos equipamentos, especialmente no caso de projetos maiores. Desta forma, é possível agilizar serviços de suporte e manutenção. Por fim, servem para impedir que pessoas não autorizadas ou sem conhecimento técnico mexam nos aparelhos e causem estragos.

A seguir, vamos ver quais características considerar na escolha de um rack organizador para o seu projeto.

Características dos racks: o que levar em conta ao escolher

Há diversos tipos de racks de TI disponíveis no mercado. A escolha do modelo ideal vai depender do projeto e do ambiente de instalação. No entanto, existem algumas características que você precisa observar antes de adquirir um rack. Veja a seguir as principais:

Tipo de rack

Há uma variedade de tipos de racks. Os mini racks de parede são ideais para ambientes em que há pouco espaço e não é possível ocupar o chão. Eles já vêm com buracos para serem fixados na parede com segurança. Por isso, são a melhor opção para projetos pequenos e médios — em empresas e condomínios, por exemplo.

Também há racks de piso, que em geral são maiores, comportam mais equipamentos e cabos, e são indicados para projetos grandes, como servidores e data centers, por exemplo.

Tamanho

O tamanho dos racks organizadores é padronizado e indica o número de compartimentos, ou unidades, variando de 3U até 44U. Quanto mais equipamentos para proteger, maior o número de unidades. Mas sempre vale a pena investir em um modelo um pouco maior do que o projeto prevê. Assim, caso ocorram mudanças e seja preciso adicionar equipamentos, há espaço livre.

Os modelos de rack 19 polegadas armazenam servidores possibilitando configurações de hardwares densas, sem ocupar muito espaço físico e sem precisar de estante.

Material

O rack tem que ser resistente para proteger os equipamentos com eficácia, robusto para não se deteriorar com o tempo e leve para facilitar o manuseio. Por isso, é bom prestar atenção no material de que é composto e também na pintura e acabamentos. Os melhores modelos são feitos de aço, com pintura eletrostática epóxi pó micro texturizado, acabamento anticorrosivo e têm portas de acrílico com chaves.

Instalação

Outro ponto para ficar atento é a facilidade de instalação e montagem. Os racks desmontáveis facilitam o transporte e mudanças. Há opções com peças e parafusos padronizados que tornam o trabalho mais prático e rápido. Além disso, observe se a abertura da porta é adaptável para a direita e esquerda — isso pode fazer muita diferença dependendo do local de armazenamento.

Os racks montados são prontos para uso, o que poupa trabalho e tempo. Contudo, sua estrutura é fechada, o que faz necessário uma análise minuciosa do que é ideal em acordo com a estrutura dos equipamentos.

Saídas e ventilação

Esse é um aspecto essencial que não pode deixar de ser verificado ao escolher um rack. É preciso que ele tenha saídas para os cabos, abertura para sistema de ventilação — para evitar o superaquecimento quando há muitos aparelhos funcionando —, estrutura com ponto de aterramento e fechamento lateral com venezianas e fecho para abertura.

Aplicações em diferentes projetos

Os diversos modelos de racks organizadores atendem às diferentes necessidades do público e projetos. Obviamente, nada impede que você, como especialista da instalação, possa combinar esses tipos de racks num mesmo projeto.

Montar uma estrutura na empresa com esse equipamento é uma ótima alternativa, em particular para ambientes com espaço limitado e que não dispensam uma boa organização dos servidores, sistemas de armazenamento, switches, cabo, entre outros.

Veja a seguir como os modelos de racks se aplicam em diferentes projetos:

Rack CFTV

Os racks montados são muito utilizados em instalações de CFTV. O excesso de cabos e dispositivos presentes nesses projetos precisam desse organizador para evitar a exposição da fiação e manter os acessórios preservados.

O rack CFTV montado vem pronto para uso, economiza tempo e facilita o trabalho. A versão mini é ideal para pequenos projetos, como o rack para DVR, com poucos equipamentos, mas que ainda precisam de proteção e, para preservar o espaço, pode ser instalado na parede;

Racks para servidor

Os racks de piso são bastante requeridos em projetos robustos por geralmente serem maiores. Em provedores de data centers, por exemplo, para armazenar e organizar equipamentos de TI, otimizar a utilização dos dispositivos e economizar o espaço do local, o modelo de piso não pode faltar na compra de rack para servidor.

Racks diferenciados pelos projetos

Os racks desmontáveis foram pensados e desenvolvidos para atender a escassez de uma instalação prática e eficiente. Ideal para projetos e instalações de switches, OLTs, sistemas de Telecom e CFTV. Esse modelo facilita o transporte (há modelos minis desmontados que cabem em uma caixa de pizza!) e são fáceis de montar. É possível encontrar rack de rede com sistema de instalação de ventilação no teto, base com fundo removível para aperfeiçoar a distribuição de cabos e gabinete para servidor.

Escolha o rack ideal para os seus objetivos

A Intelbras tem uma linha completa de racks organizadores para atender as necessidades de pequenos, médios e grandes projetos de telecomunicações, redes e segurança eletrônica, promovendo um custo-benefício excelente para a sua empresa.

A qualidade do rack organizador Intelbras é indiscutível e conta com pintura eletrostática, chapa mais dura, mais estabilidade e instalação flexível, garantindo um nível de segurança indispensável no seu projeto. Levando isso em conta, você fará a melhor escolha, seus equipamentos estarão protegidos e a estrutura do seu projeto organizada.

 



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000