Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106 ... ver mais 21 99126 ... ver mais

Por que utilizar soluções IP pode render mais vantagens para um sistema de segurança?

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Por que utilizar soluções IP pode render mais vantagens para um sistema de segurança?

Por que utilizar soluções IP pode render mais vantagens para um sistema de segurança?

mpitemporario.com.br/projetos/bit2000.com.br

Quando falamos em sistemas de segurança IP, muitos profissionais se assustam devido à configuração de rede. Contudo, sua instalação pode ser tão simples quanto a de sistemas analógicos.

Primeiro, é preciso pensar em redes de uma forma correta. Como? Comparando com uma viagem, por exemplo, só que em vez de deslocar pessoas, são as informações que passam por ali. E existem várias formas de fazer isso acontecer, mas é fundamental que seja realizado de forma responsável: com planejamento e gerenciamento. Só assim será possível usufruir todas as oportunidades oferecidas. Veja porque utilizar soluções IP pode render mais vantagens para um sistema de segurança.

Tecnologia Power over Ethernet (PoE)

Num sistema de segurança IP, as imagens capturadas se dividem em pacotes e, assim, são enviadas para a rede. Quando aplicada a tecnologia Power over Ethernet (PoE), por exemplo, um mesmo cabo pode fornecer energia e dados a uma câmera compatível, sem interferir no seu correto funcionamento. Isso provê muito mais segurança e confiabilidade ao sistema. Um sistema de segurança conectado em rede provê maior flexibilidade de instalação, sendo possível conectar uma câmera em qualquer ponto de rede que esteja disponível.

Por que utilizar soluções IP? Quais as vantagens?

Para reforçar a utilização de soluções IP em um sistema de segurança, selecionamos algumas vantagens da utilização de equipamentos com a tecnologia PoE. Confira:

  • Alimentação e dados são enviados do mesmo local;
  • O switch que alimenta as câmeras geralmente é instalado em um rack ou em um CPD;
  • O rack onde o switch está instalado pode ser equipado com um nobreak, que mantém os equipamentos ligados em casos de queda de energia elétrica;
  • Elimina tanto o cabeamento quanto os dutos de passagem e as caixas de distribuição duplicados (cabo elétrico e cabo de dados não devem ser lançados pela mesma tubulação);
  • A câmera não precisa ser instalada ao lado de uma tomada elétrica.

Cenários de aplicação do sistema de segurança IP

Indústria 4.0

Recursos inteligentes que podem transformar os processos de uma indústria. A leitura de placas é capaz de identificar automaticamente caminhões de fornecedores, podendo abrir e fechar cancelas, além de gerar alertas sem interferência humana. Câmeras fisheye capturam imagens e fazem relatórios em forma de mapa de calor dos locais mais movimentados, podendo ajudar na identificação de gargalos. Com o sistema de reconhecimento facial é possível ter controle de entrada e saída de todos funcionários, evitando pessoas indevidas em áreas restritas e pessoas que podem representar um risco dentro da empresa.

Cidades digitais

Câmeras conseguem identificar veículos roubados ou com IPVA atrasado, além de rastrear fugitivos e registrar engarrafamentos. Os modelos com visão panorâmica e monitoramento 360°, podem ser instalados em cruzamentos movimentados levando segurança e auxiliando a mobilidade urbana. Já os equipamentos de reconhecimento facial permitem identificar suspeitos de crimes que entram na cidade na rodoviária, por exemplo, ou fazer uma busca por foto para descobrir se o suspeito de um crime esteve no local do incidente.

Estacionamento

Para as necessidades específicas desses locais existem câmeras fazem leitura automática de placas – podendo abrir automaticamente para veículos de funcionários, clientes VIP, mensalistas, entre outras placas registradas, e ainda podem identificar cores e marcas de veículos, auxiliando na segurança dos usuários.

Portos e aeroportos

Equipamentos monitoram o fluxo, identificam situações de risco, locais congestionados ou subutilizados. Câmeras podem ser instalada em áreas críticas que possuem baixa luminosidade durante a noite, identificam cores de veículos e cor de pele e roupas, o que facilita a identificação de um suspeito em eventos de risco. A tecnologia de reconhecimento facial, além de identificar criminosos, o aeroporto ou porto pode também fazer buscas forenses por cor e tipo de roupa, gênero, idade média, óculos, barba, boné, entre outros.

Lojas e shoppings

Equipamentos monitoram o fluxo, identificam situações de risco, locais congestionados ou subutilizados. Câmeras podem ser instalada em áreas críticas que possuem baixa luminosidade durante a noite, identificam cores de veículos e cor de pele e roupas, o que facilita a identificação de um suspeito em eventos de risco. A tecnologia de reconhecimento facial, além de identificar criminosos, o aeroporto ou porto pode também fazer buscas forenses por cor e tipo de roupa, gênero, idade média, óculos, barba, boné, entre outros.

A tecnologia PoE oferece mais segurança

Há diversas situações em que o sistema de segurança IP se mostra uma opção muito mais atrativa do que um sistema analógico, considerando desde a infraestrutura até a parte lógica ou estratégica. Se você precisa instalar uma câmera em uma guarita localizada a 300 metros, pense no custo de instalação e em como difícil trabalhar com cabeamento analógico. No sistema de segurança IP há uma série de facilidades: centralização dos switches, uso de fibra óptica ou ainda links sem cabeamento, via rádio. Esses são apenas alguns exemplos que mostram que o uso de redes, com sua configuração descomplicada, torna muito mais fácil a transmissão de informações de um ponto a outro.

Maior flexibilidade

Sistemas analógicos são pouco flexíveis e necessitam de mais mão de obra para instalação. Para cada câmera deve ser lançado um cabo exclusivo até o dispositivo de gravação, fazendo com que a expansão do sistema seja mais complexa. Também necessitam de fontes de alimentação separadas, visto que não é possível utilizar a tecnologia de alimentação pelo mesmo cabo, como acontece com a tecnologia PoE em sistemas de CFTV IP.

Ainda com relação a estruturas físicas de sistemas de segurança, temos o exemplo da utilização em elevadores domésticos ou de empresas. Quando utilizado o sistema analógico, há uma complicada instalação de cabos que exige especialistas para que seja realizada com eficiência. Já no sistema de segurança IP, é possível colocar um rádio em cima do fosso e outro no elevador. Sem cabos, sem complicações. A vigilância por vídeo baseado em IP é fácil de ser estendida, quando há necessidade. Os requisitos de cabeamento são muito menos complexos do que os de um sistema analógico. E você pode instalar câmeras em qualquer local da rede, sem precisar levar um cabo exclusivo até um dispositivo de gravação.

Inteligência de vídeo

Um sistema de segurança IP também oferece vantagens ao proporcionar uma adição específica de inteligência que cada situação requer. Existem diversos tipos de configurações presentes em todas as câmeras IP e que podem gerar saídas engenhosas para diferentes contextos. Em todas as câmeras de CFTV IP há um nível de inteligência, já que todas possuem um sistema operacional independente embarcado. É uma característica comum das câmeras IP terem funções como, por exemplo:

  • WDR (Wide Dynamic Range): técnica utilizada para fornecer imagens nítidas em ambientes onde a iluminação varia demasiadamente, por exemplo, uma área muito clara e outra muito escura;
  • BLC (Back Light Compensation): compensa a imagem por completo, saturando toda a área visível a fim de proporcionar melhor visualização em situações onde o brilho em excesso escurece uma área ou um objeto.

Em outras palavras, as câmeras IP podem fazer muito mais do que apenas gravar vídeos. A inteligência integrada permite ainda realizar uma série de tarefas para reduzir a carga de trabalho dos operadores, fornecer dados empresariais e aumentar a eficiência de vigilância. A câmera pode acionar um evento assim que algo de interesse (configurado pelo usuário) acontecer em uma cena. Esse tipo de inteligência é mais específico, encontrado em produtos mais elaborados e utilizados em grandes projetos. Conheça algumas funções de inteligência de vídeo:

  • HLC: tecnologia de compensação de imagem que reduz o impacto de fontes intensas de luz em cenários escuros, por exemplo, um farol automotivo durante a noite;
  • Linha virtual: essa função permite detectar objetos que passam através de uma linha, sendo possível criar até 4 linhas distintas com direções de análise diferentes, ou seja, é definido se a câmera deve supervisionar se algum objeto atravessou a linha em uma das direções (A para B, B para A ou ambos os sentidos);
  • Cerca virtual: possibilita analisar se objetos entraram e/ou saíram da área determinada, sendo possível criar até 4 áreas distintas com direções de análise diferentes, ou seja, é definido se a câmera deve supervisionar na área objetos entrantes, saintes ou ambos;
  • Abandono ou retirada de objetos: permite identificar o abandono e/ou a retirada de objetos em até 4 áreas distintas na imagem. Com isso é possível registrar e tomar ações caso algum objeto seja abandonado e/ou retirado da área de análise;
  • Leitura de placas: faz a leitura automática de placas, inclusive do novo padrão Mercosul, informando imediatamente os dados ao sistema;
  • Auto-tracking: a partir de um determinado ponto, quando o indivíduo ultrapassa um espaço delimitado, a câmera começa a segui-lo;
  • Baixa luminosidade: apresenta excelente performance à noite, mesmo com claridade mínima, apresentando imagens coloridas sem acionar o infravermelho;
  • Mapa de calor: identifica por meio de cores os espaços em que as pessoas circulam com maior ou menor intensidade.
  • Contagem de pessoas: permite a contagem de pessoas que ultrapassam uma determinada linha virtual.
  • Reconhecimento facial: detecta o rosto de uma pessoa e armazena esse registro em um banco de dados.
  • Mudança de cena: é a função que registra se o cenário observado foi alterado bruscamente, por exemplo, devido a uma pancada na câmera em um ato de vandalismo.

Num exemplo prático, em um aeroporto, rodoviárias ou locais de grande circulação de pessoas, a adição de inteligência é um diferencial decisório. Em vários países, não é incomum encontrar alertas públicos sobre malas ou objetos desconhecidos abandonados em algum canto do local. Num sistema de segurança IP, é possível mapear os pontos isolados e desenhar áreas que serão monitoradas, como vimos anteriormente. Se alguém deixar um objeto no local, o sistema emitirá um aviso. O contrário também acontece, caso haja a retirada de um objeto em um quadrante pré-definido.

Sistema misto

Além disso, há outras vantagens para o uso de um sistema de segurança com soluções IP, como a possibilidade de utilizar cabo UTP (o mesmo que você usa para conectar seu computador à internet) – dispensando o uso de cabo coaxial –, fibra óptica (o que não é uma possibilidade nos sistemas analógicos com aparelhos mais antigos) ou ainda links via rádio, que, embora não permitam conexão entre câmeras analógicas e gravador DVR, permitem conectar um DVR a um NVR para fazer backup através de um link via rádio. Se você ainda possui um sistema analógico, seja por ter começado com um baixo investimento seja por outra razão, pode começar a pensar num sistema misto, que proporciona mais segurança. Além disso, todos os cabos das câmeras instaladas chegam ao mesmo local, facilitando que o gravador seja encontrado.

No sistema misto, o NVR faz a gravação das câmeras IP e pode realizar backup das analógicas. É possível instalar um NVR (gravador de vídeo em rede) em um local físico diferente, conectado na mesma rede onde o DVR analógico/HDCVI foi instalado, para realizar backup das câmeras analógicas/HDCVI, o que garante um diferencial importante para um sistema de segurança eficiente.

Mais qualidade

Por fim, as soluções IP para sistemas de segurança podem ainda oferecer maior resolução de imagem sem perda de qualidade na conversão de sinais analógicos para digitais, dados criptografados e controle de acesso das informações. Num sistema analógico, as imagens nem sempre são recebidas com a qualidade necessária, por exemplo, para identificação de uma pessoa ou objeto, tanto pela falta de resolução quanto pela perda de qualidade na hora da conversão.

Fonte:  Blog da INTELBRAS



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000