Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106-1300 21 99126-7261

Inovação escolar: 4 tendências para instituições de ensino

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Inovação escolar: 4 tendências para instituições de ensino

Inovação escolar: 4 tendências para instituições de ensino

A tecnologia está cada dia mais presente no processo de aprendizagem de estudantes do ensino básico, fundamental, médio e superior. Por essa razão, o conceito de inovação escolar tem sido discutido. O objetivo é que as instituições de ensino se reinventem e acompanhem as mudanças comportamentais da sociedade e do aprendizado dos alunos.

Censo Escolar 2020 (pesquisa Covid – 19) realizado pelo Ministério da Educação, mostrou que a maioria das escolas de educação básica (públicas e privadas) adotaram estratégias não presenciais de ensino como medida para enfrentar a pandemia. Tais estratégias envolveram:

  • Realização de reuniões virtuais de planejamento;
  • Treinamento para uso de métodos e materiais para ensino EAD;
  • Em menor escala, disponibilização de equipamentos (computador, notebook, smartphone, tablets, headsets, webcam, caixa de som, etc.) para uso de professores e alunos.

Portanto, esse período acelerou alguns pontos abordados pela inovação escolar, como é o caso da adoção de tecnologias, embora o conceito vá além. E a tendência é que algumas práticas se mantenham no pós-pandemia.

O fato é que as instituições de ensino tiveram que se adaptar rapidamente ao novo momento, abrindo espaço para discussão sobre a reformulação dos processos de ensino-aprendizagem. De modo que os estudantes desenvolvam as habilidades técnicas, socioemocionais e capacidades criativas e inventivas.

Neste conteúdo, entenda o que é a inovação escolar e as principais tendências que envolvem este conceito. Confira!

O que é inovação escolar?

A inovação escolar refere-se àquilo que é novidade, contemplando tecnologia, comportamentos, hábitos, conhecimentos e valores da sociedade atual.

Sendo assim, uma escola inovadora não é um ambiente digitalmente moderno, mas que utiliza dos meios digitais e novas abordagens para combinar, auxiliar ou ressignificar o processo de ensino-aprendizado.

O conceito tem como objetivo promover novas vivências e possibilidades de aprendizado para os estudantes. Dessa forma, o ato de inovar na educação se empenha em desenvolver capacidades associadas ao protagonismo do aluno, resolução dos problemas, inteligência emocional, letramento tecnológico, infraestrutura escolar e curricular.

Para que a escola busque a inovação, é preciso que toda a comunidade escolar (alunos, professores, coordenadores, diretores, pais, entre outros) participe das mudanças, envolvendo o âmbito organizacional, metodológico e o ambiente físico.

 

4 tendências de inovação na educação

A inovação escolar propõe um maior protagonismo dos alunos, tirando a responsabilidade do professor como única fonte de informações e colocando-o como um facilitador da aprendizagem, o qual guiará o processo de estudos.

Dessa forma, as tecnologias e as novas metodologias têm estimulado tendências de inovação escolar que podem ser adaptadas para diferentes contextos de ensino.

Para aproveitar os benefícios que a inovação escolar pode oferecer, separamos 4 tendências para a educação que valem a pena conhecer.

1. Sistema ensino híbrido

Apesar da modalidade de aulas online já ser adotada por diversos estabelecimentos de ensino, a pandemia de Covid-19 fortaleceu e expandiu o ensino à distância (EAD) para educação infantil, ensino fundamental, médio, técnico, superior, além de cursos livres.

Novamente, dados do Censo Escolar 2020 (pesquisa Covid – 19) mostraram que 90,1% das escolas estaduais e 84,3% das municipais utilizaram aplicativos para videoconferências. Agora, a tendência é que as aulas virtuais conquistem um espaço estratégico no pós-pandemia, por meio do ensino híbrido. Ou seja, combinação de aulas presenciais e à distância.

Dessa forma, podemos salientar o quão importante é que a instituição de ensino conte com uma estrutura de internet de qualidade para estudantes e colaboradores.

Por exemplo, professores poderão dar aulas online da própria escola, da mesma forma, um aluno que fique sem conexão em casa, poderá usufruir da estrutura que a instituição possui. Características que agregam valor à missão do estabelecimento.

 

2. Aposta nas novas metodologias de ensino

As metodologias de ensino são pontos importantes na inovação escolar, uma vez que é preciso avaliar o contexto da instituição e buscar uma solução de educação que atenda melhor às suas necessidades. Confira alguns exemplos:

  • Sala de aula invertida: consiste em uma prática de ensino dentro do ensino híbrido que propõe uma aula mais dinâmica. Nesse caso, o aluno estuda o conteúdo da aula com antecedência e compartilha o conhecimento para os colegas e o professor;
  • Gamificação: consiste no uso de jogos digitais que promovam aprendizado aos alunos. Ele trabalha com o oferecimento de recompensas e também pode ser usado de modo coletivo, promovendo a colaboração mútua.
  • Rotação por estações: os alunos são separados em grupos e a aula tem um tema central de estudo, a qual é dividida por estações. Cada grupo passa por todas as estações, como num circuito.

3. Adoção de inteligência artificial

A inteligência artificial permite que tarefas importantes e repetitivas sejam desempenhadas por softwares ou aplicativos. Dessa maneira, é possível otimizar o tempo e garantir um melhor aproveitamento dos estudos.

Sendo assim, as escolas públicas e privadas podem apostar em plataformas adaptativas, as quais permitem que os estudantes façam trilhas de aprendizado personalizadas para a sua dificuldade e necessidades. Os programas se baseiam no conhecimento prévio a respeito dos alunos para aplicar as atividades.

Além disso, a própria infraestrutura dos estabelecimentos de ensino também deverá ser reformulada. Além do aprendizado, esses espaços também devem se preocupar com a segurança de alunos e colaboradores e a adoção de tecnologias específicas também está presente nessa área.

 

4. Sustentabilidade na prática

De forma geral, o estabelecimento de ensino precisa adotar uma postura preocupada com o futuro e a sustentabilidade do planeta, além de outros assuntos pertinentes à sociedade atualmente.

Com isso, para que os alunos adquiram esses valores, a escola precisa mostrar isso por meio do exemplo, por meio da adoção de práticas e tecnologias sustentáveis nos ambientes: coleta seletiva, reaproveitamento da água da chuva, uso de energia solar, etc.

O próprio conceito de sustentabilidade já engloba fatores econômicos e sociais, o que também perpassa o tema sobre inovação escolar, visto que a adoção de tecnologias é um desafio para muitas instituições de ensino. O que reforça tanto a importância quanto a necessidade de criar novas alternativas e meios que agreguem com a educação.

 

 

Fonte:  Blog da Intelbras

 



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000 Conversa aberta. Uma mensagem não lida. Pular para o conteúdo Como usar o E-mail de Ideal Trends com leitores de tela 1 de 2.314 (sem assunto) Caixa de entrada Pedro Firmino Anexos 14:37 (há 0 minuto) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês Área de anexos