Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106-1300 21 99126-7261

Fontes de alimentação para projetos de segurança: saiba como escolher a melhor

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Fontes de alimentação para projetos de segurança: saiba como escolher a melhor

Fontes de alimentação para projetos de segurança: saiba como escolher a melhor

Se você é técnico, instalador ou até mesmo alguém que compra produtos de segurança eletrônica, deve saber da importância de utilizar nobreaks e protetores eletrônicos em seus projetos, afinal, eles protegem equipamentos contra surtos elétricos e picos de tensão e proporcionam autonomia em caso de queda de energia. O que às vezes passa despercebido, mas também tem importância fundamental, é o investimento em fontes de qualidade quando se trabalha com sistemas de segurança eletrônica.

As fontes de alimentação, também conhecidas como conversores estáticos, são essenciais para o funcionamento de diversos produtos, como os de CFTV, iluminação, controle de acesso, roteadores e fitas LED. Apesar de geralmente ficarem escondidas nas instalações, elas têm uma função essencial: converter a tensão elétrica alternada (AC), que é a que a concessionária de energia entrega, em tensão contínua (DC), que é a que o equipamento necessita para operar.

fontes de alimentação

Ao utilizar fontes genéricas, você pode provocar uma série de problemas no projeto, como ruídos em imagens, dimensionamento incorreto e necessidade de compra de mais fontes, sobreaquecimento de equipamentos e multas por instalações irregulares.

Como escolher fontes de qualidade

O primeiro ponto a considerar no momento de escolher a fonte ideal são os equipamentos que estarão conectados e a tensão necessária para a alimentação. Para sistemas de CFTV, por exemplo, o ideal é optar por modelos que entreguem 12,8 V, em lugar dos de 12 V, ou equipamentos que ofereçam ajuste de tensão. A vantagem de utilizar fontes de 12,8 V é que elas entregam 0,8 V de “tensão extra”, o que é útil em instalações a maiores distâncias, pois compensam possíveis perdas e proporcionam bom desempenho ao sistema.

Obs.: ao trabalhar com sistemas de segurança eletrônica, também é importante ficar atento à escolha do cabo de alimentação e à distância recomendada entre as câmeras. Um cabo de má qualidade pode interferir na definição de imagem e reduzir a distância de transmissão do sinal.

5 benefícios de usar fontes de qualidade

  • Têm filtro contra interferência e ruídos, que deixa as imagens mais nítidas
  • Possibilitam utilizar cabeamento acima de 50 m em sistemas de CFTV
  • Asseguram proteção total contra curto-circuito, sobrecarga e sobretensão
  • Têm maior durabilidade que as fontes genéricas e alimentam mais câmeras
  • Têm cabo homologado pelo Inmetro
  • São mais resistentes à sobrecarga, o que diminui a necessidade de visitas técnicas

Modelos de fontes existentes no mercado

No mercado, você vai encontrar diferentes modelos de fontes de alimentação, cada um indicado a um tipo de situação e projeto.

Fontes para fixação em parede: também chamadas de Wallmount, são compactas e ideais para alimentação individual de equipamentos. Perfeitas para instalação em régua de tomada devido ao tamanho compacto, atendem às mais diversas aplicações de 12 V ou 12,8 V para CFTV.

Fontes desktop: são indicadas a instalação individual ou centralizada e, dependendo da corrente, podem alimentar até 10 câmeras HD.

Fontes desktop sem pino: podem ser diretamente ligadas à fiação elétrica, sendo bastante úteis em ambientes sem proximidade de tomadas, como forros de teto ou postes. Também são indicadas a uso em caixas de passagem 4×2.

Fontes multissaídas: permitem a conexão de mais equipamentos na saída, sem necessidade de adaptações, e têm tensão ajustável para instalação a maiores distâncias. Os modelos de melhor qualidade geralmente são os produzidos com case em plástico selado, têm suporte para fixação em parede e tampa para proteção contra sujeira e umidade nos contatos elétricos.

Fontes metálicas: também conhecidas como colmeias, possibilitam que as câmeras sejam ligadas diretamente a elas e podem ser fixadas em parede ou trilho DIN em racks. Além disso, têm tensão de saída ajustável, podendo ser instaladas a maiores distâncias.

Fontes ininterruptas ou nobreaks: garantem a alimentação mesmo na ausência da energia elétrica, pois contam com bateria interna que proporciona autonomia para aplicações. São uma solução completa para garantir o funcionamento ininterrupto de fechaduras eletromagnéticas, controladores de acesso ou qualquer outro equipamento que precise de tensão de 12 V.

Como você deve ter percebido, há inúmeras vantagens em utilizar fontes de alimentação de qualidade, principalmente em projetos de CFTV. Por isso, é necessário dar mais atenção a esse item na hora de fazer um upgrade ou montar um projeto de segurança eletrônica.

 

 

Fonte:   Blog da INTELBRAS



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000