Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106-1300 21 99126-7261

Evolução da segurança eletrônica: a história e o futuro

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Evolução da segurança eletrônica: a história e o futuro

Evolução da segurança eletrônica: a história e o futuro

Como já dissemos aqui no blog, a segurança eletrônica é composta por um projeto que engloba uma série de equipamentos com o objetivo de monitorar e vigiar uma área para gerar mais proteção. Este conceito, no entanto, parte de uma longa evolução que permeia tanto a modernização quanto a adequação às premissas de um projeto mais adequado. Tem vontade de conhecer a história da evolução da segurança eletrônica?

Continue lendo este artigo!

Como ocorreu a evolução da segurança eletrônica?

Início

Em tese, acredita-se que o primeiro registro do uso de câmeras para monitoramento eletrônico tenha sido feito por policiais em Nova York. Naquela circunstância, as câmeras foram posicionadas nas ruas para contribuírem com o monitoramento diário já exercido pela polícia. No entanto, a captura das imagens era com baixa qualidade de resolução e as gravações eram feitas em fita cassete.

Neste sentido, as câmeras de segurança se popularizaram. Existia um déficit em função da necessidade de observar as imagens, pois o material reservado nas fitas servia apenas como prova em processos judiciais.
A evolução da segurança eletrônica continuou na década de 80, quando houve um grande marco. O movimento de uso das câmeras ganhou mais importância para a sociedade. Por isso, a utilização delas se estendeu para locais com maior circulação de pessoas.

Ainda em meados dos anos 80, os Dispositivos de Carga Acoplada (CDD) foram considerados como o verdadeiro ‘’pulo do gato’’ para o início de uma nova era. Com característica de melhor luminosidade e microchip incluso essas câmeras foram consideradas como a porta de entrada para o sistema que vemos nos dias atuais. Formaram a base para a segurança mais efetiva.

Atualidade

A evolução da segurança eletrônica seguiu adiante na década de 90, quando as grandes novidades tecnológicas surgiram. A princípio, a gravação que era feita em fita cassete anteriormente cedeu espaço a um sistema integrado com filmagem, o que reduziu o número de falhas.

Neste primeiro momento também houve a adaptação das câmeras à sensibilidade de movimentos e possibilidade de gravação com intervalos. Essas características conduziram ao uso destes equipamentos em bancos e outros estabelecimentos para gerar segurança.

Assim, a evolução prosseguiu até a adaptação aos softwares que permitiram a formação do sistema CFTV de modo mais integrado e eficaz. O destaque foi para o monitoramento que deixou de ser feito no local para passar a ser realizado em centrais especializadas de forma remota. A armazenagem de imagens e resolução de captura também ficaram mais capacitadas.

Futuro

Acreditamos que a evolução da segurança eletrônica continuará seguindo em direção aos processos com estratégias mais tecnológicas, em decorrência das transformações digitais, e com baixo custo de produção. Isso inclui mais flexibilização e alternativas de adaptação nas esferas público e privada.

 

Fonte: Proseg



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000 Conversa aberta. Uma mensagem não lida. Pular para o conteúdo Como usar o E-mail de Ideal Trends com leitores de tela 1 de 2.314 (sem assunto) Caixa de entrada Pedro Firmino Anexos 14:37 (há 0 minuto) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês Área de anexos