Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106-1300 21 99126-7261

Item adicionado ao orçamento


Energia solar: 7 mitos e verdades

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Energia solar: 7 mitos e verdades

Energia solar: 7 mitos e verdades

É fato que empresas e residências estão buscando outras formas de produção de eletricidade, uma das principais é a geração de energia por meio da luz do sol. Entretanto, ainda existem muitas dúvidas sobre o assunto, o que impulsiona a criação de alguns mitos sobre a energia solar. 

Os questionamentos vão desde a instalação do sistema até as modificações que precisam ser feitas para adequação dos painéis. 

Então, para acabar com várias dessas questões e explicar o que você deseja saber, confira 7 mitos e verdades sobre a energia solar.

 

1. “A energia solar só vale a pena se o local consome muita energia elétrica”

MITO. Esse é o primeiro questionamento da lista: será que realmente vale a pena instalar um sistema fotovoltaico em locais com pouco consumo?

Para quem acredita que esse tipo de investimento só pode ser feito por empresas ou indústrias, essa teoria não é verdadeira! Isso porque a solução é facilmente instalada em residências, possibilitando uma redução de até 95% nas contas de luz. 

Importante destacar que com a aquisição de novos equipamentos e aparelhos eletroeletrônicos a tendência é que o consumo de energia elétrica aumente em várias casas, sendo assim, a energia solar é antes de tudo, um investimento. 

Por fim, saiba que é possível contar com a compensação de energia disponível nas instalações on grid — quando há conexão com a distribuidora. Nesses casos, se a produção de energia solar for maior que o consumo, a unidade acumula créditos de energia que podem ser utilizados em até 60 meses. 

 

2. “Os sistemas fotovoltaicos não produzem energia no inverno”

MITO. Essa é outra ideia repetida por diversas pessoas, enfatizando que não valeria a pena investir nesse tipo de energia por causa dos dias de frio e tempo nublado. 

Porém, o que transforma essa informação em mentira é que o mecanismo atua com a luz do sol, mais precisamente com a irradiação, e não com o calor.  

Ou seja, mesmo com baixas temperaturas ou em dias chuvosos, é possível produzir energia solar. Obviamente, a geração nesses dias é menor. Contudo, o sistema atinge picos de produção no verão (mais dias ensolarados), o que compensa a menor produção no inverno, por exemplo. Vale destacar que a chuva ainda contribui com a limpeza dos painéis.  

 

3. “A energia solar é um recurso abundante no Brasil”

VERDADE. Todos sabemos que o Brasil é um país tropical, com muito sol e clima quente na maioria das regiões. E são esses fatores que fazem com que o mercado de energia solar no Brasil tenha tanto potencial para o investimento crescente desse tipo de tecnologia. 

Em termos de comparação, a região brasileira menos ensolarada é capaz de produzir mais energia que a região mais ensolarada da Alemanha — cujo clima é mais ameno —, um dos líderes na utilização dessa energia limpa e sustentável.

Prova desse potencial é que em 2021, o Brasil entrou no TOP 15 de países geradores desse tipo de energia, chegando à marca de 10 GW (gigawatts) de produção. 

 

4. “A instalação do sistema em casa demanda grandes obras e reformas”

MITO. Quando o assunto é energia solar mitos e verdades, esse é um dos questionamentos principais, afinal, muitos desconhecem como é o início do processo.

Para instalar o sistema, é necessário apenas fixar os painéis, geralmente, no telhado da residência, além do equipamento central que será responsável por armazenar e distribuir a energia, e nada disso carece de grandes obras ou reformas. 

É válido mencionar que o sistema fotovoltaico pode ser trocado de local, caso haja necessidade. Os painéis solares são resistentes, capazes de ter uma durabilidade de até 25 anos. 

Quer saber mais? Então aproveite para conferir o Guia do consumidor: 15 perguntas e respostas sobre energia solar, o material é gratuito. 


5. “A instalação só pode ser realizada em determinados tipos de telhados”

MITO. A verdade é que a instalação pode ser feita em telhados — incluindo as opções de telha metálica, de fibrocimento e até mesmo a de cerâmica —, solo (terrenos com espaço suficiente), cobertura de estacionamentos (carport solar) e até mesmo em açudes (usinas flutuantes)! 

Essa versatilidade ocorre por conta dos diferentes tamanhos dos sistemas e estruturas de fixação variadas, que podem ser instalados conforme os materiais compatíveis, facilitando a aplicação dos painéis.  


6. “A energia solar valoriza o imóvel”

VERDADE. A explicação pode ser comprovada por números. De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), 75% das instalações foram efetuadas em residências, resultando em um investimento de R$ 8,4 bilhões. 

O retorno é garantido durante os anos de uso, mas também no momento da venda, já que a vantagem de contar com a própria produção de energia e a queda nas tarifas de luz são pontos positivos que vão acompanhar o novo morador.

Conforme um relatório produzido pelo Instituto para Autossuficiência Local (ILSR), entidade norte-americana, o funcionamento de 30 milhões de residências com energia solar seria capaz de criar 1,77 milhão de empregos e 69 bilhões de dólares em economia de energia elétrica. 


7. “É possível ter um sistema fotovoltaico em um lugar remoto”

VERDADE. Esse é um fato interessante para locais que ainda não possuem acesso à rede de energia de distribuidoras. 

É possível instalar um sistema fotovoltaico em qualquer lugar que receba raios do sol, nesse caso, o modelo é o off grid, ou seja, não é conectado à distribuidora e armazena toda a energia gerada em baterias. 

Gostou de saber mais sobre os  mitos e verdades da energia solar? Quer saber qual seria o investimento necessário para contar com essa solução na sua residência ou empresa? Então aproveite para acessar o nosso simulador e confira quais são os valores!

 

 

Fonte:  Blog da Intelbras



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000