Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106-1300 21 99126-7261

Item adicionado ao orçamento


Empresa em casa: aprenda a organizar as finanças

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Empresa em casa: aprenda a organizar as finanças

Empresa em casa: aprenda a organizar as finanças

Nos últimos anos, devido à pandemia de Covid-19, diversas pessoas se reinventaram para trabalhar em home office ou até mesmo abrir uma empresa em casa. Esta última pode ser uma alternativa interessante para quem deseja empreender, e uma parte importante desse processo é a organização das finanças. 

Muitos negócios estruturados em casa exigem o uso constante da eletricidade, como ocorre com salões de beleza, que precisam de secadores ou quem trabalha com delivery de bebidas e necessita de refrigeradores, por exemplo. Assim, juntam-se os gastos de energia da própria residência e temos uma conta de luz alta no fim do mês.

O custo pode ser um peso nas finanças da empresa, especialmente com os aumentos de tarifa que afetam mais os pequenos negócios. 

Em 2021, a bandeira tarifária sofreu reajuste de 52%, passando de R$6,24 para R$9,49 a cada 100 kWh. Portanto, ter um planejamento financeiro e fazer escolhas estratégicas para economizar é essencial para o sucesso do empreendimento

Neste post, vamos apresentar os principais pontos de atenção para quem quer abrir ou já tem uma empresa em casa e a melhor forma de organizar as finanças. Além disso, você vai descobrir como economizar na conta de luz sem precisar diminuir o uso dos equipamentos necessários para o trabalho. Continue a leitura!

 

Pontos de atenção ao abrir uma empresa em casa 

Um dos primeiros pontos de atenção para abrir uma empresa em casa é descobrir se o negócio escolhido pode ser exercido com o endereço residencial, já que não são todas as atividades que possuem essa opção. No geral, são os prestadores de serviços que se enquadram nessa categoria, mas é importante consultar junto à prefeitura para evitar problemas futuros.

Outro aspecto importante está relacionado à documentação. Quem quer abrir o próprio negócio precisa fazer o registro na Junta Comercial ou cadastro no MEI (Micro Empreendedor Individual), se for o caso, para obtenção do CNPJ. Em seguida, a depender da atividade exercida, é necessário o alvará de funcionamento da prefeitura que autoriza o início do seu negócio.

Abrir uma empresa em casa pode ser um desafio, por isso também é indicado ter um plano de negócio para não se frustrar e a iniciativa ter maiores chances de sobrevivência. 

 

Como organizar as finanças? 

Ter controle das finanças é fundamental para que o negócio se mantenha e tenha perspectivas de crescer. Nesse sentido, se você está abrindo uma empresa em casa, tenha atenção especial ao planejamento financeiro. 

Ainda que você já tenha um negócio em andamento, se você não tiver planejamento, as chances de sustentabilidade diminuem. Desse modo, pode ser a hora de dar um passo atrás e fazê-lo. 

Contar com o apoio de um contador pode ajudar a colocar tudo em ordem, mas se você está se organizando sozinho, confira algumas dicas que podem ajudar no processo.

 

Planeje custos, lucro e economias

Um dos principais motivos para o fechamento de um negócio é a falta de planejamento. Pois bem, não deixe de registrar e avaliar a gestão financeira da sua empresa em casa. 

Isso envolve não só a planilha de custos, mas a previsão de lucro que a empresa precisa para se manter. Usar um aplicativo ou ferramenta especializada pode ser uma boa alternativa para facilitar essa organização. Além disso, é sempre importante avaliar quais custos podem ser reduzidos para economizar. 

 

Aposte em energia solar para economizar na conta de luz

Uma opção interessante para economizar é justamente na conta de luz que pode ter uma redução significativa para quem opta em gerar a própria energia com um sistema fotovoltaico. Com a instalação de painéis solares é possível usar a energia solar para abastecer todos os equipamentos da casa e diminuir os gastos da conta de luz por causa da compensação de créditos

 

Tenha uma conta exclusiva para a empresa

Um dos maiores erros de quem resolve trabalhar como autônomo e abrir uma empresa em casa é não separar as despesas pessoais das despesas do negócio. No início pode nem parecer um problema, mas, acredite, ter uma conta exclusiva para a empresa fará toda a diferença

Desse modo, fica mais fácil identificar os gastos e registrar as movimentações do seu negócio sem misturar com dívidas particulares ou compras familiares. 

 

Separe as despesas fixas das variáveis

Outra sugestão é dividir as despesas fixas das variáveis, o que ajuda a ter uma previsão melhor para cada mês. 

Como despesas fixas entende-se todas as contas mensais como o pagamento do aluguel, salário dos funcionários, conta de luz e água. Ainda que essas duas variem o valor, é certo que deverão ser pagas mensalmente, por isso são fixas. 

Já as despesas variáveis são aquelas imprevisíveis, como taxas de entrega ou manutenções, por exemplo. Manter uma planilha com esses custos irá facilitar o controle financeiro. 

Agora que você já conhece as principais dicas para organizar as finanças da sua empresa em casa, quer saber o quanto pode economizar na conta de luz ao utilizar energia solar?

 

 

Fonte:  Blog da Intelbras



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000