Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106-1300 21 99126-7261

Crescimento do mercado de energia solar no Brasil

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Crescimento do mercado de energia solar no Brasil

Crescimento do mercado de energia solar no Brasil

mpitemporario.com.br/projetos/bit2000.com.brA geração de energia solar fotovoltaica é um segmento que vem crescendo significativamente no cenário nacional. Devido a fatores que vão desde condições climáticas e de irradiação até incentivos governamentais para a adoção desta matriz energética, o crescimento do mercado de energia solar no Brasil é uma realidade, e ao que parece, uma tendência cada vez mais consolidada.

De acordo com dados da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), a fonte solar fotovoltaica apresentou forte aceleração de geração na primeira quinzena de abril de 2020 frente ao mesmo período no ano passado, avançando 53,3%, para 692 megawatts (MW) médios. Em plena expansão, a energia solar já soma 1,5% da matriz elétrica do Brasil. Em um mercado com esse potencial, não faltam oportunidades e motivos para que pessoas físicas e jurídicas invistam nesta matriz renovável, sustentável e limpa.

Crescimento do mercado de energia solar no Brasil

  • A Aneel estima que, até o ano de 2024, mais de 1 milhão de consumidores devem passar a gerar a própria energia;
  • Os investimentos totais previstos até 2025 são de R$ 25,8 bilhões;
  • De todas as novas fontes de eletricidade que o mundo instalou em 2019, 72% eram renováveis — um recorde;
  • Energia solar gera uma economia de até 95% no gasto total com energia elétrica;
  • Até 2030, são previstos 100 bilhões de reais em investimentos no Programa de Desenvolvimento da Geração Distribuída de Energia Elétrica, responsável por incentivos e isenções para empresas que adotam a energia solar;
  • O país recentemente ultrapassou a marca de 3 gigawatt de potência instalada em micro e minigeração distribuída de energia elétrica;
  • Em número de sistemas fotovoltaicos instalados no Brasil, os consumidores residenciais estão no topo da lista, representando 72,60% do total, segundo dados da Absolar divulgados em 2020;
  • De acordo com a Aneel, o tempo de retorno médio do investimento em geração de energia solar no Brasil é de 6,6 anos.

Retorno econômico

O futuro reserva um crescimento ainda mais significativo para o setor: os investimentos acumulados desde 2012 totalizam quase 13 bilhões de reais distribuídos em todas as regiões e estados do Brasil.Esse aumento no interesse pela energia fotovoltaica se deve principalmente a dois fatores:

    • Rápido retorno econômico – em média 4 a 6 anos. Lembrando que a vida útil dos painéis pode chegar a 25 anos – e há uma garantia de imensa economia de energia (até 95%);
    • Vantagens do sistema de créditos, que tornam o investimento ainda mais interessante.

Tarifas de energia

Não é só o mercado de energia solar no Brasil que vem crescendo. As tarifas de energia estão mais altas, e de acordo com dados recentes, seguirão subindo por conta da crise energética. Por isso, o investimento em energia solar se torna uma maneira de“driblar” o alto custo e implementar um modelo mais sustentável de geração de energia.

Geração própria

De acordo com dados divulgados em 2019, fornecidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), 89% da população brasileira tem a vontade de gerar sua própria energia sustentável. O que agrega vantagens como uma economia substancial em energia elétrica. E, considerando o crescimento do setor, é provável que a médio prazo uma parcela significativa da população tenha acesso à geração de energia solar.

As moradias representam 72,6% de todos os sistemas de geração distribuída solar fotovoltaica, de um total de mais de 210 mil conexões espalhadas por mais de 81% das cidades do Brasil. Com o crescimento desses números, a tendência é que exista uma imensa economia de energia para a sociedade.

Valorização dos imóveis e energia solar

Sem dúvida, um sistema de geração de energia solar fotovoltaica é um item que valoriza qualquer imóvel. Basta pensar que os compradores se sentem muito mais atraídos quando sabem que estão adquirindo um local no qual poderão economizar muito com energia elétrica. Embora não existam dados consistentes sobre o tema no Brasil, é possível utilizar dados de outros países para estabelecer parâmetros.

A adoção de um sistema fotovoltaico pode valorizar o imóvel em até 30%. Isto porque, de acordo com um estudo realizado pelo Lawrence Berkeley Laboratory, a pedido do Departamento de Energia dos Estados Unidos, a valorização de imóveis capazes de produzir sua própria energia pode chegar a US$ 15 mil (cerca de R$ 60 mil). Ainda com base no mesmo estudo, os compradores estão dispostos a pagar US$ 4 a mais para cada watt de energia solar.

Fácil instalação

Outro fator que proporciona o crescimento dos investimentos em energia solar é a instalação dos sistemas, que está se tornando mais simples e acessível. A tecnologia dos painéis solares e dos demais componentes que fazem parte do sistema de geração está mais desenvolvida. As empresas especializadas oferecem projetos de instalação que podem ser implementados rapidamente.

Sustentabilidade

A urgência em adequar indústrias, empresas e residências a um contexto no qual a preservação ambiental é fundamental também representa papel de destaque na expansão da energia solar no Brasil. Para as pessoas jurídicas, tornar-se sustentável é uma questão financeira urgente, já que organizações ambientalmente engajadas são mais bem vistas no mercado. Também há o fato de que processos tornados sustentáveis geralmente resultam em grande economia de recursos.

Já as pessoas físicas, enquanto cidadãos, têm se tornado mais conscientes de seus papéis na economia de recursos naturais. E essa é a oportunidade de gerar eletricidade limpa, renovável e sustentável, sem emitir gases de efeito estufa, sem ruídos e sem resíduos. Em uma análise ainda mais ampla, a diversificação da matriz elétrica brasileira é estratégica para o país, à medida que aumenta a segurança quanto ao suprimento de energia à população.

Com todos os pontos citados anteriormente, torna-se bastante visível o crescimento do mercado de energia solar no Brasil. Mais do que simples modismo, há vantagens que comprovam que a geração da própria energia é um próximo passo não só para empresas, mas também para residências. Além disso, mais do que entender os benefícios e impactos, é preciso buscar um bom parceiro para começar.

 

Fonte:  Blog da INTELBRAS



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000 Conversa aberta. Uma mensagem não lida. Pular para o conteúdo Como usar o E-mail de Ideal Trends com leitores de tela 1 de 2.314 (sem assunto) Caixa de entrada Pedro Firmino Anexos 14:37 (há 0 minuto) para mim Traduzir mensagem Desativar para: inglês Área de anexos