Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106-1300 21 99126-7261

Item adicionado ao orçamento


Câmera para casa: qual é a ideal para proteger toda a família?

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre Câmera para casa: qual é a ideal para proteger toda a família?

Câmera para casa: qual é a ideal para proteger toda a família?

O sentimento de conforto e tranquilidade no lar está diretamente relacionado à segurança do ambiente, certo? Logo, a câmera para casa é uma ótima estratégia para proteger toda a família mesmo à distância.

Nada mais frustrante do que ter sua residência invadida e a segurança das pessoas que você ama ser colocada à prova.  Segundo o RDO (Registro Digital de Ocorrências), as ocorrências de roubos a residências aumentaram no primeiro trimestre de 2021.

Além disso, a tecnologia de monitoramento permite acompanhar a rotina de todos os moradores. Em especial, bebês, crianças, idosos e animais de estimação são membros que requerem mais atenção.

Com uma câmera para casa, é muito mais fácil aumentar a segurança do lar. Neste conteúdo, você verá o que levar em consideração na hora de escolher a ideal para proteger toda a família. Confira!

Como escolher uma câmera para casa

Quando falamos em monitoramento de pequenos ambientes internos e externos da casa, como salas, quartos, corredores, hall de entrada, jardins, entre outros, as câmeras Wi-Fi são sinônimo de praticidade.

Elas atendem o conceito de plug and play, ou seja, basta ligar na tomada e conectá-la à internet wireless (via instalação de aplicativo no celular) para usar. Não será necessário passar cabos de dados, nem modificar a estrutura dos ambientes. A gravação das imagens desse tipo de câmera geralmente é feita em cartão de memória ou serviço de nuvem contratado. 

Obviamente, existem outros tipos de tecnologia quando falamos de câmeras para casa, como a analógica — que precisa de um cabo coaxial e de um DVR (gravador) – e a IP – que precisa de menos cabos porque tem PoE para funcionar. Para saber mais sobre cada uma delas, veja também o texto: Câmeras de segurança: conheça as tecnologias e saiba como escolher.

Voltando às câmeras com tecnologia Wi-Fi, é necessário conhecer algumas características do produto antes de escolher a ideal.

Área externa e interna

As câmeras externas precisam ter um grau de proteção acima de IP65 (ou seja, IP66, IP67, etc.). Por esse motivo, elas representam mais resistência ao tempo e seus agentes, como luz solar, ventania, água, poeira e tempestades.

Antes de comprar sua câmera para casa, verifique qual o grau de proteção e passe a ter mais segurança no lado de fora da casa sem que o equipamento seja comprometido. 

As câmeras internas  não precisam ter um grau de proteção acima de IP65. Isso porque geralmente são instaladas em locais cobertos, como salas de estar e corredores. 

Dica: Também é fundamental que você verifique se a câmera Wi-Fi escolhida recebeu homologação da Anatel. Equipamentos comprados sem essa inspeção podem interferir no sinal emitido por outros produtos e prejudicar o funcionamento de roteadores e outros sistemas de monitoramento. 

Saiba mais: Segurança nas férias: saiba como proteger a casa

Em resumo, câmeras externas também podem ser instaladas dentro de casa, mas nem toda câmera interna pode ser usada externamente. Além do grau de proteção, vale a pena pensar sobre o objetivo do monitoramento. O que ou quem você quer proteger?

Câmera para pet

Quem tem um animal de estimação e passa o dia fora, sempre tem preocupação ou curiosidade em saber como seu bichinho está se comportando. Com uma câmera para casa, você pode acompanhar o seu pet em tempo real.

Dessa maneira, é possível confirmar se o cachorro late ou se o gato mia demais (oportunidade para comprovar ou não reclamações dos vizinhos), acompanhar se o bichinho não está se alimentando direito e monitorar a rotina deles quando estão doentes ou em recuperação, por exemplo. 

Por isso,  priorize algumas funcionalidades na hora de escolher sua câmera para pet.

  • Visualização em tempo real: escolha modelos de câmeras internas que sejam integrados ao aplicativo para smartphone. Com isso, você pode acompanhar ao vivo o que seus bichinhos estão aprontando. 
  • Interação por voz: a câmera para casa deve ter microfone embutido. Assim, os tutores poderão falar com o animal de estimação quando quiserem. Ao escutar a voz familiar, o animal pode se acalmar e parar de latir, de miar,  de fazer alguma travessura ou mesmo se sentir mais protegido e menos sozinho. 
  • Alerta de movimento: para proteger os seus animais contra visitantes indesejados. Nesse caso, verifique se o equipamento possui inteligência artificial, característica que contribui para diferenciar a presença de humanos e do seu bichinho, o que garante alertas mais confiáveis.

Câmera para vigiar bebês e crianças

Para os pais, vigiar cada segundo do recém-nascido é uma tarefa muito importante durante os primeiros anos de vida. Existem modelos de câmera para casa que também podem funcionar como babá eletrônica. Esse equipamento permite monitorar o sono do bebê mesmo à distância. 

Dessa forma, os pais podem realizar outras atividades tranquilamente e ao mesmo tempo observar o bebê pelo monitor do celular. Com isso, os responsáveis conseguem ver se a criança continua dormindo, chorando, acordada, em uma posição desconfortável, etc.

Mas o que é importante observar na hora de escolher uma câmera para vigiar o bebê? Veja abaixo.

  • Função babá eletrônica: permite  visualizar o vídeo (Full HD) de forma contínua, ou seja, sem interrupções, usar o áudio bidirecional para falar com o bebê em tempo real e receber alertas em caso de movimento. 
  • Captação de áudio: para ouvir a criança chorando, por exemplo, é essencial uma câmera com microfone. Assim, se você tiver reproduzindo as imagens pelo celular, mas por algum motivo não está prestando atenção, consegue perceber a movimentação do bebê pelo som. 
  • Visão noturna: é comum deixar o quarto do bebê bem escuro para proporcionar um sono tranquilo. Por isso, o infravermelho é importante para conseguir visualizar as imagens com qualidade mesmo com pouca luminosidade. 
  • Campo de visão 360º: quando os bebês começam a engatinhar e a andar, é comum que eles se tornem mais ativos.  Assim, quando eles estão brincando, acabam se movimentando bastante pelo ambiente. Uma câmera para casa capaz de oferecer uma vista panorâmica do local monitorado, seja quarto ou sala, é a ideal para acabar com os “pontos cegos”. 

Câmera para monitorar idosos

As câmeras para casa também podem beneficiar idosos e pessoas com mobilidade reduzida que precisam de supervisão. Nesse caso, a tecnologia pode ser uma aliada no conforto e cuidado com quem amamos. 

Esse é o equipamento ideal para cuidadores e familiares que precisam acompanhar a rotina dos idosos à distância. Dessa maneira, é possível manter a autonomia desses parentes e ao mesmo tempo saber o que estão fazendo ou se precisam de algo.

Para isso, considere as seguintes funcionalidades que são importantes em uma câmera para monitorar idosos.

  • Diferentes opções de armazenamento: para ter os momentos da pessoa guardados, conte com uma câmera para casa com multi armazenamento. Há opções com cartão micro-SD, gravadores de vídeo (DVR e NVR) ou que permitem contratação fácil de serviço de gravação em nuvem. 
  • Imagens em alta definição: a resolução em full HD é essencial para que as imagens fiquem mais nítidas e com qualidade de detalhes. Isso permite identificar qualquer movimentação no ambiente com clareza, identificando o que e quem está no local monitorado.  
  • Compatibilidade com assistente de voz: para acessar as imagens dos idosos em tempo real usando assistentes de voz como Alexa ou Google Assistant, adquira um modelo de câmera para casa que tenha compatibilidade com essa tecnologia. 

Leia também: Cuidado e segurança para idosos e crianças em casa

A câmera para casa ideal  para proteger a família

linha Mibo Cam da Intelbras possui modelos de câmeras internas e externas que contam com todas as características citadas acima. Basta escolher o modelo de câmera ideal para proteger idosos, crianças, pets e o patrimônio. 

  • Qualidade de imagem Full HD; 
  • Microfone embutido (captação de áudio);
  • Função babá eletrônica; 
  • Compatibilidade com smart speakers; 
  • Infravermelho: boa visualização de imagens à noite ou em salas escuras; 
  • Visão ampla: função super-wide para melhor monitoramento do ambiente; 
  • Alerta de movimento: identifica a presença de pessoas no local monitorado, enviando uma notificação para o smartphone. Além de possuir uma sirene interna, que dispara ao detectar algum intruso;
  • Alguns tipos de câmeras internas contam com visualização de até 360º, ou seja, você pode ter uma visão panorâmica do local monitorado.

É possível instalar um equipamento em cada ambiente que achar necessário e acompanhá-los pelo mesmo aplicativo. 

 

 

 

Fonte: Blog da Intelbras



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000