Estrada dos três Rios, 741 Sala 307 - Rio de Janeiro - RJ 21 2106-1300 21 99126-7261

Item adicionado ao orçamento


7 erros que causam desperdício de energia elétrica

Gostou? compartilhe!

Conheça mais sobre 7 erros que causam desperdício de energia elétrica

7 erros que causam desperdício de energia elétrica

Crise hídrica e sua consequente baixa nos reservatórios acabam tendo como resultado aumento nas contas de luz. Esse tipo de situação faz com que diversos brasileiros comecem a buscar por soluções para evitar desperdício de energia elétrica. Mas afinal, o que é possível fazer no dia a dia?

Em setembro de 2021, para tentar frear o consumo, o Governo Federal criou uma nova tarifa, nomeada como “escassez hídrica”, cujo valor é maior que o da bandeira vermelha 2. Além disso, uma campanha de estímulo ao uso consciente de energia também entrou em ação.

Diante de um cenário assim, a adoção de práticas que vão contra o desperdício de energia elétrica são essenciais. Por isso, selecionamos alguns erros que você pode estar cometendo e apontamos como mudar isso.

 

1 – Deixar os aparelhos em stand by

Esse é um dos equívocos mais comuns: deixar os aparelhos ligados na tomada, mesmo quando o item não está sendo utilizado.

Televisões, vários carregadores de celular, computadores e ar condicionado são algumas das opções que a maioria das pessoas esquece de desconectar. Sendo assim, mesmo sem estar em funcionamento, cada um desses objetos acaba utilizando força.

Uma das soluções é o clássico conselho: desconecte os fios da tomada! Deixe ligado apenas os essenciais, como geladeira e chuveiro. Ou ainda, aposte em conectores inteligentes, que permitem que você monitore o consumo de energia de alguns aparelhos.

 

2 – Chuveiro na posição inverno

Quem não gosta de tomar um banho quente, certo? Porém, usar o chuveiro apenas na posição inverno pode ser um desperdício de energia elétrica.

Isso porque o utensílio necessita de mais eletricidade para poder esquentar a água. O ideal é optar por essa temperatura apenas nos dias frios.

Com a chegada das estações mais quentes, a solução é mudar para a opção verão, priorizando a economia de energia.

 

3 – Secar roupas atrás da geladeira

Esse é um velho hábito que ainda faz parte do cotidiano de vários brasileiros: colocar roupas ou tênis para secar atrás da geladeira.

Entretanto, essa mania gera uma sobrecarga no dispositivo, ocasionando um gasto elevado. O ideal é que essa parte da geladeira esteja livre para circulação do ar.

 

4 – Não considerar investir em alternativas sustentáveis

Fica fácil perceber que diversos erros causam o desperdício de energia elétrica e a maneira como consumimos esse recurso terá que mudar nos próximos anos, seja pelo preço elevado ou possível escassez do serviço.

Mas você já imaginou que há a possibilidade de modificar a forma que produzimos eletricidade? Investir em energia solar é uma das opções mais viáveis. Confira o Guia do consumidor: 15 perguntas e respostas sobre energia solar e saiba mais sobre o assunto! O material é gratuito.

 

5 – Não utilizar lâmpadas LED

Esse é outro erro quando o assunto é o desperdício de energia elétrica, já que muitas residências ainda possuem lâmpadas incandescentes. Por serem modelos mais antigos, esses itens acabam acarretando um consumo maior.

O ideal é fazer a troca pela opção de LED, que é mais eficiente e durável. Lembrando que esse modelo possui uma capacidade maior de iluminação, fator que pode contribuir não só com a conta, mas também com as atividades desenvolvidas no dia a dia.

Ao trocar quatro lâmpadas, é possível perceber uma economia de R$ 900 durante o tempo de uso, de acordo com informações do Instituto Akatu.

 

6 – Errar no planejamento da iluminação da casa

Esse é um ponto que muitas vezes acaba sendo deixado de lado, impactando futuramente nas despesas. Isso porque um bom projeto de iluminação para casa pode evitar o desperdício de energia elétrica.

Em ambientes mais arejados e claros, o consumo é feito por menos horas, utilizando iluminação natural. A quantidade de janelas e até mesmo de portas de vidro também influenciam.

Lembre-se que cada ambiente possui uma função, portanto, a claridade e lâmpadas utilizadas precisam estar de acordo com o espaço.

 

7 – Esquecer as luzes acesas

Outra prática que qualquer pessoa já repetiu foi a de deixar as luzes acesas, mesmo não estando naquele ambiente. Seja por esquecimento ou por “mania”, essa ação aumenta e muito a conta no fim do mês.

É fundamental que exista a conscientização sobre o uso adequado desse recurso, reforçando que as lâmpadas precisam ser apagadas quando ninguém estiver usando.

Crie estratégias para evitar o esquecimento (vale até colocar lembretes de papel pela casa). Outra solução é o uso de lâmpadas e interruptores inteligentes.

Você comete alguns desses erros? Comente quais!

Saiba que muitos lares e empresas já têm um sistema de geração de energia solar fotovoltaica, que promove uma economia de até 95% na conta de luz. 

 

 

Fonte:  Blog da Intelbras



Gostou? compartilhe!

Whatsapp Bit 2000 Whatsapp Bit 2000